sexta-feira, 8 de julho de 2016

Crise pessoal e crise espiritual


Vivemos num país que atravessa uma grave crise financeira, moral e ética.
A todo momento ouvimos notícias de alta de preços, alta de juros, desvios de verbas públicas, denúncias de corrupção, operações da polícia federal, violência desenfreada e por aí vai.
Qualquer um que assiste aos telejornais se mostra boquiaberto com tanta notícia ruim. Tudo parece caminhar para um abismo.
Mas e se eu te disser que essas não são as piores crises que estamos enfrentando? 
Existem duas crises que os noticiários não mostram.
A primeira é a Crise Pessoal.
É aquele sentimento de impotência, de angústia, de não saber se o que fazemos é certo, de não sentir que somos valorizados, de enxergar em nós mais defeitos do que qualidades. São aqueles questionamentos constantes que nos impedem de nos aceitarmos, de nos sentirmos especiais, de saber qual é o nosso papel no mundo. 
É olhar para si mesmo e não saber quem você é, quem se tornou, nem quem poderia ser.
Essa crise rouba a nossa alegria, o nosso ânimo, a nossa esperança.
Nos sentimos diminuídos e dispensáveis, questionamos o que estamos fazendo aqui e se realmente nossa existência é necessária.
A crise pessoal leva milhares de pessoas à diversas doenças psicossomáticas, estresse, depressão, vícios e até mesmo suicídio.
É uma luta que ninguém vê, uma batalha constante e desgastante com o Eu.
A segunda crise que estamos enfrentando é a Crise Espiritual.
É fato que todos somos corpo, mente e espírito.
Há em nós uma necessidade latente de espiritualidade.
Quando não cuidamos do nosso lado espiritual, quando não dedicamos tempo ao estudo da Palavra e, mais ainda, quando não procuramos verdadeiramente conhecer Deus, um sentimento de vazio se espalha dentro de nós.
Não importa qual é a sua religião. Todas elas buscam entender, explicar e nos religar com nosso Criador.
Quando uma crise espiritual se instala, você não acredita mais em nada, não consegue dedicar seu tempo à essa busca, começa a questionar se Deus existe e se Ele se importa mesmo com você. 
Passamos a viver o hoje, o agora. Uma vida sem regras, sem obedecer princípio nenhum, sem amor ao próximo, sem nos preocuparmos com nada. Ficamos totalmente entregues às armadilhas do inimigo. Mas as consequências dessa crise chegam e seu preço é alto.
Se fosse fácil escapar dessas duas crises, viver seria realmente um "mar de rosas".
Não sou psicóloga, nem teóloga, portanto não estou aqui para apontar à vocês a saída, a solução ou o tratamento  ideal. Posso apenas dizer o que penso e sinto em meu coração.
Todos precisamos vencer essas duas crises que roubam a nossa paz, nossa fé e nossa esperança. 
Na Bíblia (Isaías 43:1) está escrito: "...assim diz o Senhor que te criou: Não temas...tu és meu."
Nesse capítulo consta a bênção à Jacó, mas leia como Deus falando-a para você.
Foi Ele quem te criou. Por que e para que, você pode ainda não entender completamente. Mas tenha certeza de que não foi para sofrer.
Então quando a crise pessoal começar a te diminuir, a te deixar desanimado e perdido, lembre que você é Dele! Ele te criou e disse para não ter medo.
Você pode não ser o mais bonito, o mais inteligente, o mais legal, o mais popular, mas isso aos olhos do mundo, porque aos olhos de Deus você é sim!!
Não existe uma única pessoa no mundo igual a você, mesmo que você tenha um irmão gêmeo.
Quando os sentimentos e pensamentos de fracasso tentarem tomar conta, pare e ore. 
Faça como Jacó fez: lute pela sua bênção!
Jacó não era santo! Ele enganou seu pai, roubou seu irmão, fugiu, viveu por vinte anos longe da sua família, casou com duas irmãs...um monte de coisas que até nos dias de hoje vimos como erradas, como exemplos do que não fazer.
Mas na sua angústia, na hora que estava enfrentando uma grande crise pessoal e espiritual, ele clamou à Deus e não desistiu.
Deus enviou um anjo na forma de um homem e eles passaram a noite lutando. A bíblia descreve como sendo uma luta física mesmo, tanto que Jacó ficou manco. 
Mas em seu coração, ele sabia que aquele homem havia sido enviado por Deus. Vendo essa oportunidade de reconciliar-se com seu Criador e ser abençoado, ele não poderia deixar passar. Agarrou-se ao anjo e não largou até receber sua bênção (Gênesis 32:26).
Deus ainda envia seus anjos à nós. Na correria do dia a dia e na descrença espalhada pelo mundo, podemos não ver. Mas diariamente somos livrados e abençoados.
Não permita que sua vida mergulhe ainda mais nessas crises. Busque hoje sua bênção.
Lute com Deus! Clame de todo seu coração por socorro. Experimente o poder da oração em sua vida.
Diga: Senhor, eu não sou nada! Não sou digno, não sou merecedor, mas o Senhor me criou! O Senhor me fez para ser um vencedor. O Senhor não me criou para eu sofrer, nem passar por esses problemas tão grandes que hoje eu enfrento. Mas eu não tenho forças para lutar, Senhor! Não tenho forças para vencer. Sozinho eu não consigo, eu não aguento mais. Vem lutar comigo, ó Pai! Envia teus anjos à minha casa, abre meus olhos, limpa o meu coração. Faz-me puro outra vez, faz-me morada tua! Tira o mal que há em mim e eu não vejo. Tira o pecado da minha vida, sara as minhas feridas, unge a minha família! Permita que eu me veja como Tu vês. Deixa eu me sentir especial, devolve a minha alegria de viver. Faz-me um vaso novo, um vaso de bênção. Que essa crise desapareça da minha vida e eu possa dar testemunho de Ti e do Teu poder. Que a morte de Jesus na cruz por mim não seja em vão! Que minha vida seja testemunho de que Tu és um Deus vivo, um Deus que sara, que cuida, que abençoa e que salva. Tenha misericórdia de mim, ó Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó. Vem me socorrer! Em nome de Jesus eu te peço, amém!

Que nesse momento você sinta a presença real de Deus em sua vida e que esse seja o começo da tua caminhada para a vitória!

Um grande beijo,

Alyne


Um comentário:

  1. Lindo, lindo Alyne, tenho me sentido desanimada, estas palavras me confortaram...bjoo!!!!

    ResponderExcluir

Adoraria saber sua opiniāo! Escreva aqui!