quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Clareamento dental

Ninguém gosta de ter dentes amarelados. Não é bonito e muitos pensam que é relaxo. 
Acontece que com o passar dos anos eles vão sofrendo desgaste, além disso, diversos alimentos que consumimos provocam manchas e vão amarelando os dentes.
Alguns exemplos são: café, chocolate, coca-cola, suco de uva, catchup, molho de soja, cigarro, entre outros.
Como os dentes não ficam manchados ou amarelados de um dia para o outro, é um processo lento e contínuo, demoramos para perceber que não são mais branquinhos.
Foi isso que aconteceu comigo. Sempre tive os dentes bem brancos e como estou sempre sorrindo, meus amigos sempre elogiaram isso em mim. 
Nunca fui muito fã de refrigerante, tomo eventualmente. Chocolate eu prefiro o branco, e café eu não tomava de jeito nenhum até uns 3 anos atrás. Mas conforme os anos foram passando, mesmo com o consumo eventual, meus dentes foram amarelando. Até que este ano, por volta de julho, comecei a me incomodar com fotos mais de perto, porque eu via nitidamente que não eram mais brancos.
Comecei a pesquisar métodos caseiros, fiz alguns experimentos e nada!
O jeito era procurar um dentista e fazer o tratamento à laser.
Mas eu tinha medo de ficar com os dentes muito sensíveis, isso porque eu já tenho dentes ligeiramente sensíveis, principalmente à coisas geladas.
Encontrei a Dra Lissandra, que atende aqui onde eu moro e fui fazer um orçamento. Gostei dela imediatamente, porque examinou meus dentes e foi muito sincera comigo. Ela viu que meus dentes eram sensíveis, e que eu precisaria de um tratamento diferenciado, deveria tomar alguns cuidados, mas alcançaria o resultado desejado.
Eu disse que não queria dentes mega brancos e artificiais, queria dentes saudáveis.
Começamos o tratamento e até agora fiz 3 sessões com o laser na clínica e usei 7 moldeiras em casa.
Ao longo das consultas, a gente vai conversando e como eu sou curiosa e pergunto tudo, fui aprendendo algumas coisas coisas com ela, que quis dividir com vocês. 









Essa moldeira é a que usei em casa, complementando o tratamento na clínica.
Nela a concentração de Peróxido de Hidrogênio é de 10%. 
Por isso é um complemento, já que no feito por profissional a concentração é muito maior.











A primeira coisa que eu queria saber, é porque os tratamentos caseiros e as pastas de dente que vendem como clareadoras não funcionam.

A dra me explicou que no consultório, eles usam um gel que contém peróxido de carbamida e peróxido de hidrogênio numa concentração de 35%, e ainda potencializam com a luz do laser.
As misturas caseiras e os cremes dentais não chegam nem perto dessa concentração. A maioria nem tem esses princípios ativos!
O que ocorre é que eles contém alguns abrasivos em suas fórmulas, que fazem uma espécie de esfoliação, removendo algumas manchas recentes e dando uma polida no esmalte, mas não alcançando a estrutura do dente.






Eu também quis saber se existia alguma pasta de dente capaz de ajudar a manter o clareamento, para que ele durasse mais, já que é um tratamento que investimos uma quantia razoável de dinheiro.

Ela me contou que já foram feitos diversos estudos, e que até agora, o produto que apresentou melhores resultados na manutenção do tratamento profissional, foi a Colgate Luminous White, foto ao lado.



Outro produto que vemos muita propaganda na tv, dizendo que clareia, são os enxaguantes bucais. Estes, ela me disse que nenhum tem esse poder! E mais, nem todas as pessoas precisam usar esses produtos. Consulte seu dentista porque ele deve te avaliar e então prescrever ou não o uso. 



Por fim, o maior medo de quem quer fazer, fez ou está fazendo clareamento: Sofrer com dores causadas pela sensibilidade nos dentes.

O clareamento dental pode sim provocar sensibilidade nos dentes. Por isso é primordial consultar um dentista da sua confiança, para te avaliar e prescrever a melhor opção.
Hoje em dia existem clínicas em cada esquina! Muitos profissionais só estão preocupados em ganhar dinheiro, então não têm esse cuidado com o paciente.
Se você já fez e está sofrendo com esse problema, precisa usar um creme dental específico para esse fim. Existem no mercado diversas marcas. As mais acessíveis e que funcionam realmente são a Sensodyne e a Colgate Sensitive.
Elas são vendidas em supermercados, então são mais fáceis de encontrar. Não precisa procurar pela mais cara, compre a que estiver com melhor preço e use diariamente, logo verá os resultados.
Em casos mais graves, o dentista prescreverá produtos vendidos somente em farmácias, como o creme dental Regenerate, por exemplo.
É importante salientar que muitos casos de sensibilidade ocorrem por raízes expostas, causadas pela retração da gengiva. E sabem qual é a maior causa disso?? A higiene dental errada!! 
Excesso de força na escovação, escovas duras e uso incorreto do fio dental machucam a gengiva, que é um tecido mole, que automaticamente se retrái por causa dessas lesões.
Então muito cuidado com o "excesso" de cuidados! Pode fazer muito mal pra você!

                                                               ***

Quero agradecer à Dra Lissandra, por me esclarecer essas perguntas e permitir que eu dividisse aqui com vocês!
Ela virou uma amiga, de verdade, porque quando encontramos pessoas do bem, precisamos agregá-las à nossa vida!
Por isso indico e indicarei sempre seus serviços à vocês, de olhos fechados.
Como muitas são daqui da minha região, deixarei os contatos dela, para que possam conhecê-la e comprovar tudo que falo.

Alameda Tocantins, 75 sala 709 - Alphaville - Barueri SP
Telefones (11) 4191-5594 e (14) 3541-0147
Instagram: @lissandrakaka

Ela também faz implantes, além de toda parte de estética, inclusive aplicação de botox.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoraria saber sua opiniāo! Escreva aqui!