quarta-feira, 5 de agosto de 2015

A vassoura nossa de cada dia

Eu duvido que exista uma dona de casa que não tenha pelo menos uma vassoura! Desde sempre aprendemos a usá-la na limpeza, e ainda na infância, adoramos ter nossas vassourinhas. 
A minha filha quis uma quando tinha uns 2 anos e tive que comprar. É incrível como o exemplo é forte! A sociedade também já associa a vassoura às mulheres, nunca vi venderem vassouras decoradas para meninos, mas para as meninas existem até kit's completos de limpeza, com pá, rodo e etc. 
Gostando ou não, essa é uma realidade.
Mas será que estamos usando nossas vassouras da maneira correta?
Você sabia que as diferenças nos modelos não são apenas estéticas, mas indicam diferentes usos?  
Existem vassouras para dentro e fora de casa, para cantos, para tetos, com cerdas mais macias, mais duras, mais curtas e mais alongadas. Cada uma tem sua característica, mais basicamente o modo de usar é o mesmo que aprendemos desde crianças.
Mas o que quero falar com vocês é: sabiam que não é bom varrer a casa?
Sim! Esse nosso hábito tão comum e milenar, nos dias de hoje não é mais indicado. Isso porque a poluição aumentou demais, e com isso a poeira doméstica também aumentou e vem crescendo a cada ano os números de alergias e doenças associadas à esse hábito, aparentemente inofensivo.
Isso acontece porque a vassoura acaba levantando o pó enquanto empurra a sujeira. Grande parte desse pó é composto por partículas microscópicas, por isso nem sempre a gente vê isso acontecer. Achamos que tiramos toda a poeira, que está tudo limpo, mas essas partículas estão suspensas no ar e em poucos minutos voltarão para o chão, móveis e objetos.
Além de ser um serviço pouco eficiente, visto que boa parte do pó voltará ao seu lugar após ser varrido, há ainda outras complicações. Segundo Ana Tibiriçá Bom, química e professora: "A poeira adere (gruda) às mucosas respiratórias, nos olhos e até na pele. Fora isso, esse pó pode ainda chegar ao pulmão, afetando sua estrutura e elasticidade, gerando doenças, até mesmo câncer."
Um verdadeiro perigo dentro de casa!
Mas o que fazer com a vassoura? Devemos jogá-las fora?
Não é necessário nenhum ato radical. Em primeiro lugar, a vassoura para área externa é indicada e deve ser mantida, inclusive porque não devemos usar mangueiras para limpar quintal, garagens e calçadas. Esses ambientes devem ser varridos e seus resíduos recolhidos com auxílio de uma pá e descartados no lixo. Agora, essa vassoura deve ser usada somente na área externa. Nada de usar a mesma vassoura para todos os ambientes.
E dentro de casa? Dentro de casa podemos usar a vassoura de duas maneiras: 
  1. Durante a faxina, para esfregar com água e sabão (ou qualquer outro produto), lavando pisos e banheiros. 
  2. Limpeza diária, enrolando um pano úmido na base da vassoura, para varrer e não levantar poeira.

Vassoura "seca" nunca mais, certo? Use-a com pano úmido enrolado, ou então troque por uma vassoura elétrica ou aspirador de pó. Lembrando que o aspirador precisa ter um filtro HEPA, para ser realmente eficiente e não jogarmos dinheiro fora.
Não precisamos descartar nossas velhas ajudantes, mas precisamos nos adaptar à nova realidade que vivemos: ar poluído e mais seco.
Grande beijo,

Alyne




Um comentário:

  1. Ja uso o pano umido na vassoura, aprendi isso com vc no Instagram!

    ResponderExcluir

Adoraria saber sua opiniāo! Escreva aqui!