terça-feira, 24 de março de 2015

Economia doméstica: Dicas práticas.

Oi gente, tudo bom com vocês?
Eu adoro aprender coisas novas, ainda mais quando posso adicioná-las facilmente ao meu dia a dia.
Por isso pedi para uma querida, que é economista, escrever umas dicas bem práticas pra gente, para nos ajudar nesse momento de crise que nosso país enfrenta.
Abaixo está o texto preparado com muito carinho por ela, e ao final, vocês poderão conhecê-la melhor.
Vamos aprender juntas!



Quando se fala em Economia, a maioria das pessoas visualizam algo em torno de ações do Governo ou Política Monetária, Cambial, etc. Sim! Economia é isso, mas é muito, muito mais!

Quando economizamos dentro de casa, ‘rebolamos’ para manter o orçamento em ordem, pesquisamos ou nos atentamos aos preços, estamos operando como agentes econômicos com grande relevância sobre o Mercado.

Toda mãe/do Lar, carrega um pouco de Economista dentro de si. Por isso a ideia hoje, é falar de algo ligado ao nosso dia a dia: a economia doméstica. Vou citar algumas dicas (simples e práticas), com o intuito de ajudar a todas nós, no controle, planejamento e gastos financeiros.

Vamos lá?

1-Organize-se: Organização e Planejamento fazem bem a qualquer um, e em qualquer área da vida. Se você não tem costume de utilizar planilhas, cadernos, blocos de anotação, é melhor começar! Compre um caderninho e/ou bloquinho e anote todas as suas rendas e despesas. TODAS! Com o tempo, você vai se acostumar e pode utilizar até planilhas para arquivar melhor sua ‘contabilidade’;

2- Separe contas como ‘essenciais x supérfluas’: Veja o que você pode cortar do orçamento. Talvez uma assinatura de revistas ou canais de TV pouco assistidos, idas desnecessárias ao salão, e por aí vai;

3- Prefira usar dinheiro em espécie ao invés do cartão de débito/crédito: Quando usamos o dinheiro ‘vivo’ temos muito mais noção e controle dos gastos. Isso acontece porque quando não vemos o débito, geralmente não contabilizamos como uma despesa efetiva;

4- Evite ir ao supermercado com fome: Essa é uma boa tática pra quem quer economizar e, também, fazer uma dieta (risos). Quando você está faminto, procura algo ‘fast’ (rápido) para matar quem está te matando. Daí acaba gastando com besteiras e prejudicando o bolso e a saúde;

5- Não compre por impulso: Pense friamente se está precisando de algo ou se só comprará porque achou bonitinho, está na moda ou aquela moça da novela está usando. Essa dica é fundamental para as mulheres que querem colocar as contas em dia. Lembrem-se que a moda vem e vai, e os juros do cartão e do cheque especial só vão, vão, vão  indo para as alturas! Voando junto com o seu suado dinheirinho!

6- Pesquise e compare: Isso é tão natural pra gente, né? Mas fiquem atentas! Façam regras de três simples (se precisarem usem a calculadora) e, por favor, não caiam na velha estória: “1 são R$ 2,00 e 2 são R$ 5,00” . Tem muito supermercado lucrando com isso! Façam as contas!

7- Economize tudo o que puder em casa: apague luzes nos cômodos vazios, conserte vazamentos, troque lâmpadas comuns por fluorescentes, utilize a máquina de lavar no modo ‘cheio’, use o ferro para passar maior quantidade de roupas e compre eletrodomésticos que consumam menos energia.

8- Mantenha-se informada: isso é fundamental para a mulher de hoje, e não tem desculpas para falta de informação. Procure um canal/ rede social que você se identifique e aprenda cada dia, um pouco mais. Siga, por exemplo, a @coisasdaAlyne , que dá dicas fáceis para a nossa vida real de dona de casa;

Viram como Economia é simples! E, o mais importante, fazendo tudo isso você não está ajudando apenas a si própria. Todos são beneficiados: sua família, seu País, o Meio Ambiente e a sociedade como um todo!

Espero que tenham gostado!

#JuntasSomosMaisFortes

Keila Magda





A Kelia Magda é casada, tem 33 anos, é mãe da pequena Nathalia (1).  É Economista, ex-bancária, pós-graduada em finanças e atualmente estuda para carreira fiscal-tributária. Hoje está curtindo o melhor momento da vida: ser mãe! Escreve no Instagram dicas diárias no perfil @economae

4 comentários:

  1. Ly,obrigada pelo carinho e oportunidade! Você é uma querida! Espero poder contribuir da melhor forma! Juntas somos mais fortes! Beijinhos!

    ResponderExcluir
  2. Alyne como sempre vc trazendo assuntos importantes para nos. Muito obrigada. Gostei muito do texto da Keila. bjs

    ResponderExcluir
  3. Geralmente se fala muito em economia domestica, mas a grande verdade mesmo é que para quem é dona de casa sabe que milagres não existem, mesmo que se troque marcas, diminua aqui, ou ali, milagres não existem.

    O que pode existir sim é o que se chama de cooperação entre todos aqueles que moram na mesma casa. Cooperação no sentido de quando passar por um cômodo apagar a luz, assim se economiza energia elétrica; quanto as sobras de comida, não jogar fora, mas quando perceber que os pequenos volumes de sobrinhas estão aumentando, buscar inventar algum prato para aproveitar essas pequenas sobras, e assim também fazer uma coisa diferente na alimentação; para aquelas regiões em que se possue caixa d´água nas casas, durante a madrugada desligar o registro de água, assim os pequenos vazamentos que porventura tenha, cessam durante a madrugada, e assim se economiza na conta de água também.

    Ou seja, pequenas atitudes no dia a dia que muitas vezes fazem a diferença no final do mês.


    J.Z. MAGAZINE
    www.jzmagazine.com.br
    “Onde a sua economia é nossa maior satisfação”

    ResponderExcluir

Adoraria saber sua opiniāo! Escreva aqui!